quarta-feira, dezembro 13, 2006
Divulgação 4

Postas as coisas, temos problemas de todos os lados: da parte do emissor, com uma série de circunstâncias infelizes (os videos do princípio para a sic notícias, a baixa da principal promotora de rádio da EMI, a remodelação da EMI, já no inverno a queda dos cartazes de rua devido á chuva); por parte dos media, pela menor continuidade que forneceram (acho que até estiveram bem no lançamento) aquando da segunda fase de concertos; e finalmente da parte do receptor, entrando aqui todas as considerações sobre o gosto e o interesse pessoal do público.
Como pontos altos posso lembrar a gala da sic, com a Mariza, e a Festa do Avante, e já mais tarde, a campanha da RR. Estranho né, parecem pontos opostos! E ainda,claro, todos os outros concertos. Como não me parece que vá a galas agora da época natalícia, e entrando o país em bancarrota a seguir, só podemos contar com os concertos!
Para já, parece ser a única hipótese. É claro que se houver outro produto, digamos um dvd, com outro single e video, talvez se consiga manter a divulgação até ás queimas, o que já seria qualquer coisa! Ora bem, será que os responsáveis não vão dizer que já chega, que não pode gastar mais dinheiro com um projecto que já não vai a lado nenhum? Do ano passado! Já nem está no catálogo da fnac!
Bom, veremos. Conto com todos para as ideias, e depois logo nos veremos nos concertos!
Curtam!
 
Escrito por tim, às 9:37 da tarde | Permalink |


12 Comentários:


  • At 10:22 da tarde, Anonymous Bernardo Lourenço

    Boas.Não sei se o que vou escrever faz sentido ou não mas podias tentar "bater a outras portas" ou então numa visão mais utópica, partir para uma editora independente...Continua a tentar, não desistas!abraço. Bernardo

     
  • At 10:43 da tarde, Anonymous Pedro Alves

    Pois é tim, eu tambem concordo ai com o bernardo, e sinceramente não entendo esta gente que não vê este teu trabalho que é mesmo muito bom na minha opiniao...mas é isso vai tentando por outras portas...
    E agora um a parte, o dvd dos xutos ta excelente!Obrigado a voces todos, é muito engraçado ver-vos na 1ª entrevista de t.v.
    Abraco
    http://vidamalvadaxp.blogspot.com

     
  • At 10:49 da tarde, Blogger Fotograma26

    Dando só uma achega à questão anterior, embora reconheça as enormes dificuldades económicas de grande parte da população portuguesa e admitindo a falta de paxorra para depois de um dia de mais de oito horas a trabalhar por um ordenado miserável, cuidar dos filhos, da casa, há coisas que acabam por ser naturalmente deixadas para segundo plano. Mas muito sinceramente, na generalidade dos casos da maior parte da população que efectivamente se queixa da falta de acesso que tem à cultura e a justifica com falta de dinheiro e de tempo tenho apenas a dizer: desculpas da treta! E voltamos a cair na questão da Educação. Menos duas cervejas numa noite dão para pagar a entrada num museu ou numa peça de teatro. Há inúmeros concertos gratuitos de boa música e os que tem que se pagar também não estão tão caros que sejam proibitivos ao ponto de haver gente que não entra numa sala para ver um espectáculo há anos! São escolhas e opção que se fazem e temos que as assumir conscientemente. Porque o tempo que perdem em frente a televisão a ver programas de merda a dizer que não têm tempo para ouvir música ou ir simplesmente passear…
    Há um problema de quase aculturação. A culpa não é de ninguém porque os culpados somos todos nós. Desliguemos as rádios e as televisões quando não queremos o que nos dão. Se não fizermos a nossa parte, não podemos esperar que quem está nisto exclusivamente para lucrar economicamente faça alguma coisa pela qualidade em detrimento dos lucros.
    Voltando a este ponto 4, concordo que inicialmente até houve alguma divulgação. Mas não a suficiente. Não me cabe a mim determinar os porquês, mas acho que não foi a suficiente. Não o foi inicialmente, e à medida que o tempo passa e os assuntos morrem mediaticamente, vai sendo mais complicado. Houve um novo impulso com a campanha da Rádio Renascença e com o anunciar de salas com o nome da Aula Magna e Rivoli mas o resultado foi o que se viu. Ficou muito aquém do que este trabalho merecia. Não vi, em traços gerais, qualquer tipo de divulgação mais séria sobre este trabalho. Tirando um ou outro apontamento e entrevistas que se encontraram por pesquisa (algumas bastante trabalhosas) na net ou mesmo através aqui do blog e do site. Mesmo para saber as datas além do blog e do site oficiais e do site e fórum do #xutos e alguns blogs pessoais de quem passa por estes 3 sites, encontrar informações sobre os concertos foi sempre bastante complicado. E se a Internet é neste momento talvez o mais poderoso meio de divulgação e publicidade, porque é que ainda assim algo falhou? Sinceramente não é coisa que se consiga compreender muito facilmente. Ou já se sabia que o concerto ia acontecer e se orientava a procura a partir daí ou então nada. O público em geral não considero que tenho tido qualquer tido de informações validas e atempadas sobre os concertos.
    O “produto” é bom, tem qualidade suficiente para subsistir ao passar do tempo, pode não ter tido um enorme impacto inicial mas o que é certo é que pela qualidade que já todos aqui lhe reconhecemos, independentemente de gostos pessoais, terá continuidade e não se vai perder nas modas. Pode não ter tido um boom de vendas mas terá a continuidade que a qualidade e profissionalismo com que foi feito lhe conferem. E isso será o mais importante.
    Acho que parte desta questão pode ser de certa forma compreendida se pensarmos que quando a música tem qualidade, demora-se anos a chegar aos coliseus. Hoje em dia há quem lá comece as “carreiras” apresentando trabalhos que enfim…
    Grandes produções com uma enorme máquina publicitaria e consequente divulgação. O que tem qualidade não tem que ser obrigatoriamente para públicos pequenos, nem o contrário. Uns passam e os outros ficam. Uns são consumidos pelas maquinas publicitarias, outros sobrevivem a tudo isso e permanecem ao passa do tempo!
    Venham mais concertos, com ou sem divulgação, com mais ou menos público que é isso mesmo que queremos: Curtir boa música!

     
  • At 2:10 da tarde, Anonymous Hugo Daniel (ME9)

    Viva

    Apesar de pouco comentar não posso deixar de lembrar que sou visitante diario deste blog e com este "post" queria lembrar que o disco é bom e o espectaculo ao vivo é excelente... ja sei que não digo nada de novo mas é so para relembrar aos mais distraidos :)
    Ja agora deixo aqui uma "maxima" que costumo ouvir em situações similares... "REMAR REMAR FORÇAR A CORRENTE"

    Com um Abraço me despeço...

     
  • At 2:26 da tarde, Blogger heidy

    Não desanimes. Tudo o que fazemos tem altos e baixos.Na grande maioria das vezes, as coisas para acontecer não dependem somente da nossa força de vontade. Infelizmente. Não é por causa disto que vais desistir. Olhar para a frente. Sempre.

    O meu lema?
    " Sozinho na noite
    um barco ruma para onde vai.
    Uma luz no escuro brilha a direito
    ofusca as demais.



    E mais que uma onda, mais que uma maré...
    Tentaram prendê-lo impor-lhe uma fé...
    Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade,
    vai quem já nada teme, vai o homem do leme..."

    Reconheces? ;p

    Até dia 16.
    Abraço

     
  • At 4:46 da tarde, Blogger Tommy_Gun

    Acho que devias ir pela ideia do DVD Tim. Pelo que me deu a entender (a nivél de palco, luz e todo o ambiente envolvente) tem ponta por onde se lhe pegue, bem produzido poderia gerar um bom resultado. E creio que assim conseguirias manter uma certa chama acesa até ao início da "época alta". É um caminho dos muitos que podes seguir.

    Abraço
    Tommy_Gun #xutos

     
  • At 11:23 da tarde, Anonymous pedro miguel

    boas noites tim
    eu ideias acho k nao te posso dar pk eu nao entendo muito dessas cenas, mas tipo eu nunca curti muito a editora EMI pela seguinte razão, é k eu tive um vizinho k era locutor da rdp e as várias editoras k quando os 'seus' artistas ou bandas lançavam os seus respectivos albuns enviavam para a radio o cd igual ao k nós podemos comprar nas lojas enquanto k a EMI, como foi o caso da filarmonica gil, ou mais recentemente com o rui veloso e a 'espuma das canções' só lhe enviou o cd com o single de promoção do album!!

    abraço tim
    continua a brilhante carreira

    http://www.fotolog.com/gritosmudos

    Pedro Miguel

     
  • At 12:03 da manhã, Anonymous Anónimo

    corta! coooorrrrtttaaaaa...
    tudo o que se tem dito é verdade, umas coisas mais, outras menos... mas, para não desanimares TANTO, informo-te (já deves ter reparado!) que a revista da TAP "Atlantis" - Novembro e Dezembro - informa que nos AIRBUS A310 e A340 se pode ouvir: TIM - Fado do encontro... e que encontro... não fora viajar eu num A320... com problemas técnicos na aterragem... olha a sorte!!! mas, no atravessar do atlântico, a foto está lá!!!
    estás a ver? estás a ver?
    anima-te... afinal este é um projecto pessoal, sem esses interesses... certo? vale pela qualidade e essa não cabe na estética de toda a gente... és uma pessoa fantástica no que fazes (shiiiii!), por isso "o que os outros dizem não se escreve..." Percebeu "padrinho"? Hugo Boss fica-lhe bem... lol
    Desculpem... não obstante o assunto ser sério, parece-me que precisamos tratá-lo de uma forma mais leve...

    até sábado... com muita alegria...

    joquinhas

    marta... ainda, regina...

     
  • At 5:10 da tarde, Anonymous José Soares

    Tim,
    Em primeiro lugar quero dizer que és grande....
    Os contratempos que envolvem a divulgação deste trabalho formidável não te deverão fazer desanimar. Trabalhos como este fazem parte da vida de muitas pessoas e é isso que quero partilhar contigo.
    Comecei a conhecer o teu trabalho (no Xutos, claro) em 1987. Desde o primeiro instante (e já lá vão quase 20 anos) que o que fazes acompanha a minha vida e é o meu refúgio.
    Quase que por magia, muitas coisas que escreveste e musicaste, tornaram-se marcas da maior importância na minha vida, envolvendo os momentos mais marcantes dos meus últimos 20 anos.
    Como tal, este pequeno contratempo de divulgação será igualmente ifémero. Não se compram ainda hoje os primeiros albuns dos Xutos ? o 78/82, o Cerco, o Circo de Feras ?. Quanto vale hoje um single do Remar Remar, ou do Toca e Foge ?.
    Na altura em que estes registos eram recentes, tinham o valor que hoje lhes podemos atribuir ?. Quantas cópias foram vendidas destes albuns nos últimos 5 anos ?
    O que te quero dizer é que as obras de qualidade têm o seu tempo e, tal como o azeite, virão sempre à superficie. De um momento para o outro, e "sem se saber bem porquê", ganham uma vida própria e tornam-se incontornáveis....
    Olha o que aconteceu com o "Homem do Leme" depois do "Ao vivo na Antena 3".
    Pela marca te tens deixado na vida de alguns de nós.... PROÍBO-TE de baixares os braços.
    Conta connosco para esta caminhada "ao cimo do monte".

    Um grande abraço,
    J.C.Soares.

     
  • At 5:15 da tarde, Blogger tim

    Malta, eu não me vou abaixo com tão pouco!
    Mas sabe bem lamber as eridas de ve em quando...
    Força!

     
  • At 5:16 da tarde, Blogger tim

    pelas gralhas podem atestar a origem do comentáro anterior!

     
  • At 6:23 da tarde, Blogger heidy

    Gralhas? lol onde? lol


    Força nisso!